Pretende abrir um negócio na área da construção civil?

Esse setor é visto como uma máquina propulsora para a economia no país. Essa é uma excelente área para se investir, pois mesmo em meio a pandemia, há um cenário bastante promissor para este setor.

Ainda que a crise ocasionada pela Covid-19 permaneça, especialistas da área estão bastante otimistas, portanto o investimento em máquinas e equipamentos mais modernos é uma ótima forma de elevar a sua produtividade e desempenho, servindo também como diferencial competitivo para o seu negócio.

Neste guia, vamos elencar uma série de dicas para você iniciar seu negócio de fabricação de blocos com segurança. São elas:

  1. Pesquise criteriosamente sobre os diferentes tipos de blocos de concreto e suas aplicações;
  2. Entenda seu mercado local;
  3. Estipule sua expectativa de produção, qualidade esperada pelo mercado local e capital que você tem disponível;
  4. Faça um orçamento dos equipamentos básicos que irá precisar;
  5. Entenda a mão de obra que irá precisar;
  6. Entenda os custos de logística.

1. Pesquise criteriosamente sobre os diferentes tipos de blocos de concreto e suas aplicações

Primeiramente, você deve pesquisar muito sobre blocos, pisos, suas medidas, as normas que estabelecem os requisitos mínimos exigíveis para a produção de um produto de qualidade, enfim, tudo o que for necessário para obter como resultado blocos e pisos de qualidade.

Para tanto, nossa dica é procurar fontes seguras na internet e até mesmo em livros. Temos como exemplos, o site da ABCP e o site do Bloco Brasil.

2. Entenda seu mercado local

A nossa segunda dica é pesquisar o mercado local. Isso significa saber se já existem concorrentes, ou seja, se já há fabricantes de blocos em sua região.

Se já existem, é importante pesquisar sobre como eles trabalham e qual a qualidade do produto final que eles oferecem, pois assim é possível iniciar um negócio oferecendo um produto superior ao da concorrência de sua região.

Se já existem muitas empresas fabricando blocos de concreto em minha região, seria viável abrir mais uma?

A resposta é sim! Ter muitas empresas em sua região significa que já há um mercado sólido para esse negócio e, como já mencionamos aqui, sua empresa irá se destacar se oferecer um produto de qualidade.

Outra situação também pode ocorrer: ainda há no Brasil regiões onde a utilização de tijolo de cerâmica predominam, mas sabemos que esse material está sendo cada vez menos utilizado.

Aí você deve estar se perguntando: se em minha região não há fabricantes de blocos de concreto, vale a pena iniciar um negócio neste ramo mesmo assim?

A resposta é sim! Esse também é um cenário bastante favorável para quem está iniciando neste ramo. Novamente a dica é fabricar blocos de qualidade, utilizando-se de uma máquina de qualidade, para não abrir margem para novos concorrentes, dominando o mercado nesta região.

3. Estipule sua expectativa de produção, qualidade esperada pelo mercado local e capital que você tem disponível

Antes de abrir uma fábrica de blocos de concreto, deve-se saber com clareza a quantidade de blocos que se pretende produzir ao dia e também o espaço que deverá ter para armazenar essa produção.

Outro ponto bastante importante é saber qual a qualidade que você deseja atingir quando da entrega de seu produto final: se deseja fabricar bloco estrutural ou piso, é importante planejar qual a resistência do material você pretende atingir, para aí sim também poder pensar em adquirir uma máquina adequada.

Após isso definido, resta pensar em qual o recurso financeiro disponível para iniciar esse negócio, aliás, tudo irá depender do quanto você tem disponível para investir, quanto pretende produzir e qual a qualidade do produto final você pretende atingir.

4. Faça um orçamento dos equipamentos básicos que irá precisar

Nos próximos tópicos, iremos apresentar os custos básicos estimados para uma pequena, média e grande produção.

Há no mercado uma série de tipos de máquinas disponíveis: manuais, poedeiras, pneumáticas, hidráulicas e automáticas.

Para cada tipo de máquina, será necessário a utilização de outros equipamentos como betoneira, tábuas, moldes, esteira.

Abaixo listamos os tipos de máquinas e os equipamentos que serão necessários para iniciar o seu negócio, bem como o valor aproximado de cada item.

Observando que esses são valores aproximados em Julho de 2021.

 

Máquinas de blocos manuais para pequenas produções:

ITEMCUSTO
Máquina de blocos manual BL500R$ 12.000,00 (incluindo um molde)
BetoneiraR$ 3.500,00 a R$ 4.500,00
2 moldes adicionaisR$ 6.000,00
TábuasO valor desse material depende de cada região, por isso não colocamos uma estimativa de preço aqui
INVESTIMENTO APROXIMADOentre R$ 20.500,00 e R$ 22.500,00

 

Máquinas de blocos pneumáticas para pequenas produções:

Aqui tomaremos como exemplo uma máquina mais completa, onde seu valor de mercado é R$ 25.000,00. Em geral, esse tipo de máquina já vem com silo e gaveta e pode ser encontrada pelo preço de R$ 15.000,00 até R$ 40.000,00 no mercado.

ITEMCUSTO
Máquina de blocos pneumáticaR$ 25.000,00
BetoneiraR$ 3.500,00 a R$ 4.500,00
CompressorR$ 8.000,00 a R$10.000,00
2 moldes adicionaisR$ 6.000,00
EsteiraR$ 15.000,00
TábuasO valor desse material depende de cada região, por isso não colocamos uma estimativa de preço aqui
INVESTIMENTO APROXIMADOentre R$ 57.500,00 e R$ 60.500,00

 

Máquinas de blocos hidráulicas para produções médias:

Aqui tomaremos como exemplo a máquina BL2000 Hidráulica, com valor de mercado de R$ 35.000,00. As máquinas da WM são totalmente hidráulicas, ou seja, não precisam de compressor.

No caso desta máquina, fica a critério do cliente colocar uma esteira transportadora de agregados, ou não.

Quanto ao sistema de mistura, é possível escolher trabalhar com betoneira ou misturador.

É bastante comum as pessoas iniciarem seu negócio utilizando-se de uma betoneira e conforme a demanda aumente, acabam comprando um misturador para economizar no cimento, aumentando o volume da massa e automaticamente aumentando sua produção diária, pois a máquina fica mais rápida.

O misturador é um equipamento também mais ágil, tem uma capacidade maior de mistura, aumentando sua homogeneidade. Isso resulta em um preenchimento mais rápido de massa no molde.

Segue o valor aproximado de cada item:

ITEMCUSTO
Máquina de blocos hidráulica BL2000R$ 35.000,00
Betoneira ou Misturador– Betoneira: R$ 3.500,00 a R$ 4.500,00

– Misturador: R$ 25.000,00

2 moldes adicionaisR$ 6.000,00
EsteiraR$ 15.000,00
TábuasO valor desse material depende de cada região, por isso não colocamos uma estimativa de preço aqui
INVESTIMENTO APROXIMADOentre R$ 59.500,00 e R$ 81.000,00

A WM Máquinas também conta com a BL3000 Hidráulica. Uma máquina muito mais potente, com a hidráulica melhor desenvolvida e sistema de vibração mais eficiente. 

Máquinas de blocos e pavers hidráulicas para grandes produções:

A WM Máquinas conta com a BL4000S Automática, criada para a fabricação de pisos de concreto, apesar de fabricar também blocos. Possui sistema de vibração e compactação mais eficiente.

Apesar de ser uma máquina mais cara, sua capacidade de produção também é maior. Essa máquina no valor atual de Julho de 2021, tem o custo de R$ 180.000,00 até R$ 200.000,00, dependendo dos acessórios que serão utilizados.

Esse modelo de máquina necessita de um misturador, não sendo possível a utilização de betoneira, pois ela consegue misturar pouca massa, não sendo viável neste caso.

O misturador utilizado por ela tem que ter uma capacidade de mistura maior que do misturador utilizado pela BL2000, pois o consumo de massa é maior nesta máquina.

O misturador concreto é aquele que possa atender a demanda dessa máquina com maior efetividade e qualidade. Segue abaixo o valor aproximado de cada item:

ITEMCUSTO
Máquina de blocos automática BL4000SR$ 180.000,00 até R$ 200.000,00
MisturadorR$ 65.000,00 a R$ 85.000,00
2 moldes adicionaisR$ 6.000,00
EsteiraR$ 15.000,00
TábuasO valor desse material depende de cada região, por isso não colocamos uma estimativa de preço aqui
INVESTIMENTO APROXIMADOentre R$ 260.000,00 e R$ 300.000,00

Há outros acessórios para otimizar a utilização desse tipo de máquina, seu uso depende da produtividade que o cliente pretende alcançar, são eles:

ITEMCUSTO
Central dosadoraR$ 140.000,00
Robô paletizadorR$ 45.000,00
Sistema de paletização para bloco secoR$ 200.000,00

 

5. Entenda a mão de obra que irá precisar

A produção de todas as máquinas não automáticas é totalmente ligada a 3 fatores:

  • Capacidade técnica da mão de obra envolvida neste processo (depende da capacidade braçal do operador);
  • Quantidade de material que é possível fornecer ao equipamento;
  • Capacidade logística da fábrica.

Para se ter o mínimo de produção, o ideal é ter ao menos 3 funcionários, ou seja, essas máquinas possuem menor custo, mas dependem de um maior número de envolvidos na mão de obra.

As máquinas pneumáticas possuem uma ergonomia melhor de trabalho, mas também dependem da mão de obra.

Já as máquinas hidráulicas possuem maior pressão de trabalho, possuem maior qualidade, mas não deixam de estar vinculadas à qualidade de mão de obra para operar esse equipamento.

Quanto às máquinas automáticas já possuímos clientes que iniciam seu negócio com elas.

Elas contam com um painel automatizado onde é possível programá-las para realizar o trabalho o dia todo ou conforme a necessidade da empresa.

Esse tipo de máquina dispensa interferência humana nas alavancas, mantendo um padrão de vibração.

O controle de produção em uma máquina automática é muito mais eficiente, pois o operador consegue acompanhar quantos ciclos a máquina faz, quantos ciclos foram desperdiçados, quantos blocos foram produzidos, qual foi o percentual de perda, podendo assim melhorar esse processo.

As máquinas automáticas dispensam o grande número de mão de obra e possuem uma eficiência maior de trabalho, porém, conforme já mencionado, é necessário ter um sistema de abastecimento do misturador eficiente e também um sistema de paletização dos blocos  de forma eficiente.

Igual como nas máquinas manuais ou não automáticas, recomendamos também a utilização de ao menos 3 funcionários para operar as máquinas automáticas, porém a efetividade dessa máquina é superior.

6. Entenda os custos de logística

Alguns clientes optam por ter caminhão caçamba ou caminhão munk. Quem não possui caminhão adquire areia e pedra de outras empresas e acabam arcando com o valor do frete.

Além disso, terá que ter um pequeno capital reservado para comprar o ferramental: carrinho de mão, pá, chave de boca, alicate, peças de reposição para equipamentos, como mancal, rolamento e coxim.

Por último, quanto ao local para iniciar sua empresa, lembre-se de reservar um  espaço para armazenar o estoque de agregados, onde o mesmo deverá ser coberto, quando possível. Além de espaço para o escritório, banheiro, etc.

Conclusão:

Então, quanto preciso investir para começar uma fábrica de blocos? Tudo irá depender do capital que você tem disponível, da escolha da máquina, da demanda de mercado que você pretende atender, da mão de obra que irá precisar e do espaço que precisa ter disponível para a logística.

Principais aprendizados:

  • Antes de iniciar seu negócio, é preciso entender sobre os diferentes tipos de blocos e suas aplicações e também pesquisar sobre o mercado local de sua região;
  • Antes de escolher o equipamento, entenda qual o capital que você tem disponível, a demanda do mercado que você pretende atender, a mão de obra que irá precisar e o espaço disponível para logística.

Ainda com dúvidas sobre qual tipo de máquina escolher? Se você está começando a fabricar blocos e tem dúvidas ou já fabrica e quer aumentar a produtividade e qualidade da sua produção, fale agora mesmo com um de nossos consultores pelo Whatsapp para tirar todas as suas dúvidas: https://bit.ly/3fNdFZG